Contribuição financeira do programa LIFE da União Europeia
Facebook
EN

Biodiscoveries: Um ano depois

16 DE SET - Mata da Machada

Com início em setembro de 2014, o projeto Biodiscoveries tem vindo a angariar cada vez mais participantes, responsáveis pela intervenção na área abrangida pelo projeto.
Atualmente, o número de talhões adotados permite que 61 parcelas tenham sido alvo de ações de controlo das espécies invasoras: chorão-da-praia e acácias.
Se esta participação pública tem crescido significativamente, também muito do trabalho realizado se deve à chegada recente da equipa técnica, que não só tem desenvolvido uma ação diária nas áreas afetadas por espécies invasoras, como tem sido imprescindível no controlo da expansão das mesmas.

Optou-se por iniciar o trabalho com a equipa técnica em zonas em que as invasoras estão em expansão, restringindo desta forma a área de propagação.
Esta atuação centra-se no controlo direto do chorão-da-praia e das acácias e na preparação de terrenos, até agora, dificilmente acessíveis, facilitando o trabalho dos voluntários que adotem esses talhões.

voltar